Primeiramente, quero desejar saúde e bem-estar para todos que nos leem. Sabemos que nesta última semana, todo o mundo foi impactado com a disseminação rápida do coronavírus. Com isso, muitas empresas tiveram que mudar, drasticamente, a forma como fazer a gestão de pessoas, e passaram a adotar para seus times o home office como estratégia para não perderem a produtividade.  

Por isso, separamos algumas sugestões para ajudar você líder a continuar produtivo, com uma equipe motivada e, emocionalmente saudável, durante esses tempos difíceis. Seja você acostumado ao teletrabalho ou um iniciante nesta prática, as dicas abaixo vão te ajudar a passar por este período mais facilmente.

1 – Permaneça em Contato com a Sua Equipe

Conectar-se com as pessoas do seu time é importante. A ansiedade deste momento pode influenciar negativamente a produtividade do seu time. Para evitar isso, separe um tempo do seu dia e faça reuniões individuais de forma remota para saber como cada um está lidando com essa fase delicada.

Se você não tem o hábito de fazer reuniões individuais, não se preocupe. Você pode iniciar essa prática agora. Para tais reuniões, indicamos a Metodologia 1:1 (one-on-one).

Essas reuniões remotas podem ter duração de aproximadamente 30 minutos. É indicado utilizar a videochamada, mas se não for possível, funcionam bem por telefone. Para execução utilize as perguntas abaixo:

  • Pergunte como seu colaborador está emocionalmente. O que se passa na cabeça dele neste momento?
  • Entenda como ele está lidando com a situação, principalmente, no caso de não estar habituado a fazer teletrabalho.
  • Esclareça, em detalhes, exatamente o que é esperado como entrega e reforce o objetivo macro a ser alcançado.
  • Entenda quais são as principais dificuldades vividas no momento. Tenha empatia.
  • Defina um plano de ação para ajudá-lo.
  • Busque potencializar resultados com a transferência de experiência.
  • Foque em ouvir o colaborador.

Sempre estimule um ambiente de confiança para que seus colaboradores tenham abertura para falar sobre o que não está dando certo e a respeito do que não estão conseguindo produzir.

Outra forma de manter contato com todo o time é utilizar dos chats ou grupos de Whatsapp para assuntos mais soltos, sem formalidade. Vale mandar foto da sua mesa de home office, ou do seu filho tentando digitar e-mails. Isso funciona para aproximar as pessoas e humanizar o teletrabalho.

Mas tenha cuidado. Lembre-se que Whatsapp não pode ser um escritório virtual. Lá as informações se perdem com facilidade, então, é importante que você e sua equipe tenham outra ferramenta para apoiar a organização e planejamento do trabalho e para deixar os objetivos e metas visíveis a todos.

Faça reuniões coletivas com periodicidade fixa. Combine um horário específico para que todos estejam online, alinhe a disponibilidade de cada um e informe a todos. Faça um daily meeting, ou seja, uma reunião rápida, diária e remota em que você reforça os objetivos e todas as pessoas compartilham os progressos do dia, tiram dúvidas, planejam os próximos passos, resolvem problemas e trocam feedbacks. 

Utilize de vídeos e áudios para passar mensagens motivadoras para sua equipe. Em tempos incertos as pessoas costumam ficar mais ansiosas e desenergizadas. Então, é importante que o líder possa ajudá-las a passar por esta fase de forma mais tranquila.

2 – Cuide Da sua Saúde Mental

Neste momento, mais do que nunca, precisamos ter nossas mentes elevadas e pensar em como vamos sair do furacão. Frente às crises sabemos que, nós, líderes, não podemos titubear e tomar decisões erradas. É necessário estar atento às oportunidades que vão surgir, cuidar das pessoas e manter-se vivo quando toda a turbulência passar.

Isolamento e solidão fazem mal. Assuma seu protagonismo enquanto líder para combatê-los de forma a manter longe a depressão e ansiedade:

  1. Faça exercícios físicos em casa. Se tiver quintal em casa ou área comum no condomínio aproveite este espaço – O vírus não se pega no ar, basta não se aproximar de outras pessoas e evitar tocar em maçanetas, entre outros.
  2. Separe mentalmente que você pode controlar do que você não pode controlar. Foque no que você PODE fazer como cuidar da sua equipe, focar no seu cliente e estar presente com a sua família.
  3. Mantenha-se otimista. Acredite, as coisas vão se resolver, basta cada um fazer sua parte.
  4. Cuidado com o excesso de informação. Ter informações o tempo todo sobre a pandemia não será útil e pode causar ansiedade. Limite a 2 vezes ao dia a pesquisa por fonte de informações confiáveis. Cuidado com Fake News.
  5. Caso esteja se sentindo triste, converse com quem você confia, seja um par, líder ou mesmo familiar. Ao compartilhar informações, possivelmente você entenderá melhor o que está sentindo e sentirá mais controle sobre a situação.
  6. Se der medo, pense em outros momentos difíceis que você superou e que a humanidade superou. Se precisar, busque ajuda profissional. Psicólogos estão atendendo online.
  7. Aproveite para investir o tempo livre seu autodesenvolvimento. Faça cursos online, leia livros e ouça podcasts.
  8. Tenha uma alimentação saudável, durma a suficiente para descansar e pratique meditação ou qualquer prática espiritual que faça sentido para você.

3 – Pratique a Gratidão e o Reconhecimento

A gratidão nos relembra de tudo que há de bom nas nossas vidas. Praticar a gratidão nos ajuda a valorizar o que temos hoje. Ser grato é essencial para nos mantermos felizes e passarmos por esse momento de turbulência de forma otimista e assim sairmos do outro lado como pessoas melhores.

Praticar a gratidão com o outro, principalmente com um liderado não só trará vantagens para ele como para você. O colaborador se sente valorizado e você exercita a sua gratidão.

Pata te ajudar neste sentido, eu quero te apresentar uma metodologia para que sua equipe possa aprender como demonstrar e cultivar gratidão. Trata-se dos Kudo Cards, criados por Jurgen Appelo, a partir do Management 3.0, conjunto de diretrizes para que um líder seja bem-sucedido nas organizações pós-digitais.

Os Kudo Cards são cartões de reconhecimento. Através deles são realizados reconhecimentos sobre a colaboração de uma pessoa do time em um projeto ou contribuição para a equipe. Devem ser entregues por escrito e, de preferência, em público. É uma forma de incentivar as pessoas a darem feedback positivo umas as outras, de forma simples e instantânea.

Durante esse período de quarentena, utilize a forma virtual dos Kudo Cards. Aqui sugerimos o site Kudobox – para que você escreva Kudo Cards e envie para os membros do seu time.

Encoraje todos da sua equipe a utilizarem esta ferramenta para reconhecerem uns aos outros, e assim manterem-se conectados e energizados. Quanto mais específico for o reconhecimento, maior o impacto positivo do mesmo.

Veja o que Sam Walton, fundador do Wal-Mart tem a dizer sobre isso:

Manter tanta gente motivada a fazer o seu melhor envolve uma série de programas e sistemas que desenvolvemos no Wal-Mart ao longo dos anos, mas nenhum deles funcionaria sem uma coisa muito simples que junta tudo: reconhecimento. Todos nós gostamos de ser elogiados. Então, o que praticamos na empresa é procurar comportamentos que possamos elogiar. Busque coisas que estão dando certo. Queremos que nossa turma saiba quando estiver fazendo um trabalho excelente, e que saiba que são importantes para nós.”

4 – O que não fazer:

  • Não microgerencie seu time. Só porque você não pode ver o que seu time está fazendo não significa que eles não estão fazendo nada. Defina metas e faça gestão por resultados.
  • Não pense que as pessoas estarão disponíveis 24 horas por dia. É importante que ambas as partes respeitem o horário de trabalho.
  • Lembre-se que sua equipe também tem que descansar. Então calibre a demanda para respeitar as horas de descanso.
  • Evite textões. Caso a informação exija detalhes, mande um áudio ou faça uma vídeochamada.

 Aproveite estas dicas e siga à risca as orientações quanto aos protocolos dos órgãos de saúde. Esteja atento à higienização das mãos também em seu trabalho em casa. Se cuide e fique em casa.