Todos os negócios operam em ciclos. Há ciclos ascendentes e descendentes. A boa notícia é que a demanda pode até diminuir em determinados momentos, mas não acaba, portanto você pode gerar bons resultados em todos os ciclos.

Neste sentido, o que faz a diferença não é apenas a qualidade do seu produto ou serviço, mas também sua forma de vender. Não por acaso, vemos muitos clientes dizendo que na hora de decidir sobre empresa A ou B, a abordagem do vendedor foi decisiva para decidir por aquele fechamento.

3 Práticas do Vendedor Eficaz

Conheça algumas orientações-chave para que você se mantenha produtivo na crise e seja um vendedor verdadeiramente eficaz:

 1 – Cuide de seu cliente

As pessoas não deixam de consumir alguma coisa, a demanda é que diminui ou muda em momentos de crise. A questão é que quando este cliente for comprar, você deve ser o escolhido. Para isso, independente se vai atingir sua meta neste período, sirva seu cliente, cuide dele ajudando-o a entender melhor seus problemas e as soluções disponíveis no mercado.

Plante agora, para depois colher. Se você fizer isso constantemente e genuinamente, conseguirá garantir uma rede de relacionamentos que te gerará oportunidades de venda de forma sustentável e constante.

2 – Tenha um plano de ação.

O profissional de vendas realmente consistente sabe que a chave para o sucesso está dentro de si. Em ciclos descendentes é preciso investir tempo no fortalecimento da resiliência para enfrentar de frente as adversidades.

É preciso responder proativamente a este ciclo ainda instável e nebuloso. Enquanto muitos estarão desestabilizados, o profissional de vendas consistente continuará atuando nas oportunidades e gerando vendas.

Uma característica comum das pessoas de sucesso, é que elas possuem uma visão positiva de futuro independente das circunstâncias. Observe o cenário e crie um plano de ação. Aja!

3 – Substitua o “não”

Estamos acostumados a passar por “ondas de rejeição”, onde enfrentamos diariamente, muitos nãos. Nestes períodos é comum que, sem perceber, mandemos “nãos” para nós mesmos e para os outros, com mais frequência e intensidade do que percebemos.

Para manter a energia positiva, o ânimo e ter melhores resultados em seus relacionamentos aprenda a substituir o “não” e o “mas”, por “sim, e”.

Atenção: “Sim, e” é completamente diferente de “SIM, mas”.

Vamos ver como isso funciona na prática:

Hipoteticamente um colega faz uma proposta de criação de um grande evento, com objetivo de ganhar autoridade da marca e obter novos leads. “- Vamos realizar nosso evento on the road, assim poderemos passar por todas as capitais do país. ” Em seguida, o que mais se percebe são os participantes retrucando:

– Não concordo, acredito que a prioridade é o projeto x.

– Sim, mas isso será caro demais para a empresa.

– Sim, mas este pode não ser o momento.

Você mesmo pode ser um dos que levantam a bandeira do “não” ou do “Sim, mas” e nem percebe. Com isso, o planejamento desse evento não sai do papel, a empresa não ousa e não decola. Este é o momento de sairmos da caixa, de improvisarmos e precisamos de clima propício para que isso ocorra.

A ideia agora é treinar e praticar o “SIM, e”. Segue exemplos de uma resposta coerente com nossa proposta:

– Sim, e se for caro demais para a empresa podemos trazer nossos parceiros como patrocinadores.

– Sim, e uma reunião de brainstorming com as pessoas-chave do time será um ótimo aliado para analisarmos a viabilidade deste evento.

– Sim, e talvez você possa nos trazer uma lista de prós e contras para analisarmos melhor a proposta.

A frustração sai de cena e o “SIM, e” eleva as possibilidades. Em algum momento o “não” será necessário, mas para que você e sua empresa evolua, é preciso dar espaço para novas ideias, soluções e criar cenário de otimismo e colaborativismo.

Cuide de você!

Por fim, descanse a mente! Faça uso dos fins de semana para aproveitar momentos em família e/ou se envolva com atividades que lhe tragam bem-estar. Invista em fortalecer sua espiritualidade.

Definitivamente não somos máquinas, e é natural que nossa produtividade caia e o foco diminua em momentos que as vendas não estão acontecendo. Lembre-se: toda crise passa e você precisa estar pronto para os desafios que virão. 

Gostou desse conteúdo? Conheça os Treinamentos Accelere. Temos um leque completo de treinamentos para líderes e equipes, que abordam este e outros temas-chave para o sucesso do seu negócio e das suas vendas.
Fale com a Accelere e saiba mais!